Lucent é alvo de investigação contábil, diz Journal

A Lucent Technologies está sendo investigada pela divisão de disciplina da SEC (Security and Exchange Comission) por suspeita de práticas ilegais contábeis, informaram fontes próximas ao assunto, segundo o The Wall Street Journal. As investigações centram-se em suposições de que a Lucent incluiu indevidamente US$ 679 mi na conta de suas receitas durante o ano fiscal de 2000, que terminou em 30 de setembro. A empresa republicou a mesma receita em dezembro, após conduzir investigação própria. Como parte da republicação, a Lucent deduziu US$ 199 mi em créditos oferecidos aos consumidores e US$ 28 mi de embarques parciais de equipamentos. Além disso, a companhia recuperou receitas adicionais de US$ 452 mi de equipamentos que haviam sido enviados a seus distribuidores, mas nunca de fato vendidos a consumidores finais. Segundo fonte com conhecimento dos documentos da SEC, a comissão investiga os procedimentos da Lucent na computação de vendas, em particular, na utilização de "créditos não-recorrentes" ou descontos excepcionais oferecidos a clientes, assim como o tratamento contábil aos acordos de licenças de software.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.