Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Luciano Hang, dono da Havan, está internado com covid-19 em São Paulo

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro, ele vinha promovendo, ao lado de outros empresários, tratamentos sem comprovação científica contra a doença e criticando a vacina CoronaVac

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2021 | 15h26

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan e um dos principais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro no meio corporativo, está internado no Hospital Sancta Maggiore, no bairro do Morumbi, em São Paulo, após contrair covid-19, conforme informou uma fonte ao Estadão.

Hang, ao lado de outros empresários bolsonaristas, tem promovido tratamentos sem comprovação científica como forma de prevenção à covid-19, como o uso da hidroxicloroquina (remédio utilizado no tratamento da malária) e a ivermectina (vermífugo).

O empresário, que tem 3,4 milhões de seguidores apenas no Instagram, também fez postagens críticas à CoronaVac, vacina aprovada no último fim de semana pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Procurada, as assessorias de imprensa da Prevent Senior (dona do Sancta Maggiore) não retornou. A rede Havan disse "não ter informações" sobre o assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.