carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Lucro da AmBev fica em R$ 2,8 bilhões em 2007

A fabricante de bebidas AmBev registrou lucro líquido consolidado de R$ 2,816 bilhões em 2007, mostrando crescimento de apenas 0,36% sobre 2006. A receita líquida aumentou 11,55% e totalizou R$ 19,648 bilhões. O lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda) avançou 16,41% e ficou em R$ 8,666 bilhões. A margem Ebitda subiu de 42,3% para 44,1%.O lucro bruto subiu 12,31% para R$ 13,012 bilhões. O lucro operacional de 2007 somou R$ 4,485 bilhões e foi 3,43% maior do que o contabilizado no exercício anterior.Isoladamente no quarto trimestre de 2007, a empresa registrou lucro de R$ 1,132 bilhão, com recuo de 4,1%. O Ebitda foi de R$ 2,795 bilhões, com crescimento de 20,2%. A margem Ebitda ficou em 48%, contra 44,1% do quatro trimestre de 2006. A receita líquida aumentou 10,6% e totalizou R$ 5,826 bilhões.A AmBev é a maior cervejaria da América Latina. A companhia foi criada em 1º de julho de 1999, com a associação das cervejarias Brahma e Antarctica. Líder no mercado brasileiro de cervejas, a AmBev está presente em 14 países. Com a aliança global firmada com a InBev, em março de 2004, a companhia passou a ter operações na América do Norte com a incorporação da canadense Labatt. Além de cervejas, a AmBev produz refrigerantes, chás e outras bebidas gaseificadas.

SILVIA ARAUJO, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2008 | 07h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.