Tasso Marcelo/Agência Estado
Tasso Marcelo/Agência Estado

Lucro da Ambev recua 11,6% no terceiro trimestre, para R$ 2,498 bi

Empresa, que teve aumento na receita líquida, classificou como 'moderado' seu desempenho no período

Letícia Fucuchima, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2019 | 07h39

A Ambev registrou lucro líquido de R$ 2,498 bilhões no terceiro trimestre deste ano, 11,6% inferior aos R$ 2,824 bilhões registrados em igual período de 2018. O lucro líquido ajustado da fabricante de bebidas foi de R$ 2,441 bilhões entre julho e setembro, queda de 15,8% no comparativo anual. 

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingiu R$ 4,410 bilhões no terceiro trimestre, 4% abaixo do registrado em igual período do ano passado. Nas operações brasileiras, o Ebitda caiu 13,3%, para R$ 2,404 bilhões.

A receita líquida consolidada da empresa, por outro lado, subiu 8,1% no trimestre, para R$ 11,958 bilhões, com acréscimo no volume de 0,8%.

A Ambev classificou como "moderado" seu desempenho no período. De acordo com relatório que acompanha o demonstrativo, o resultado refletiu impactos do ajuste de preços promovido pela empresa, potencializado por descontos realizados pela concorrência e por um ambiente macroeconômico desafiador.

A companhia considera que alguns dos desafios enfrentados no último trimestre permanecerão até o fim do ano, o que pode inibir a capacidade de acelerar o crescimento do Ebitda no Brasil em 2019. Apesar disso, a fabricante disse continuar confiante em seu potencial de crescimento no País. 

Tudo o que sabemos sobre:
Ambevindústria de bebida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.