Lucro da Anglo American cai 31% no 1º semestre

Mineradora registrou ganho líquido de US$ 2,06 bilhões ante US$ 2,97 bilhões no mesmo período de 2009 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

30 de julho de 2010 | 10h44

A mineradora Anglo American, que possui ativos no Brasil, afirmou que seu lucro líquido recuou 31% no primeiro semestre deste ano e que retomou o pagamento de dividendos devido a uma melhora de seu desempenho operacional e financeiro. Às 10h20, as ações da companhia cediam 0,55% na Bolsa de Londres.

A mineradora disse que o lucro líquido totalizou US$ 2,06 bilhões nos primeiros seis meses de 2010, em comparação com US$ 2,97 bilhões no mesmo período do ano passado. A receita da companhia cresceu 35%, para US$ 15,02 bilhões, de US$ 11,13 bilhões.

O lucro operacional da Anglo mais do que dobrou no primeiro semestre, para US$ 4,36 bilhões, de US$ 2,1 bilhões em igual período do ano passado, como resultado do aumento da demanda e dos preços de suas commodities. O resultado foi maior do que a média das estimativas de 12 analistas entrevistados, que esperavam um lucro operacional de US$ 4,2 bilhões.

Excluindo impostos e itens extraordinários, o lucro subjacente foi de US$ 2,21 bilhões no primeiro semestre, de US$ 1,1 bilhão no mesmo período de 2009.

A companhia declarou um dividendo provisório de US$ 0,25 por ação. A mineradora cortou o pagamento do dividendo no ano passado, pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, devido a uma enorme dívida e às incertezas do mercado.

A mineradora não conseguiu prever um valor final exato do investimento para projeto Minas-Rio, no Brasil, mas disse que espera registrar US$ 210 milhões adicionais devido a mudanças no escopo e nas condições de licenciamento do projeto. A Anglo American também espera registrar custos relacionados a planejamento equivalentes a um montante trimestral de cerca de US$ 180 milhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
anglo americanlucrosemestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.