Lucro da BMW cai 17% no 1º trimestre para US$ 758 mi

O lucro líquido da montadora alemã de veículos BMW caiu 17% no primeiro trimestre desse ano, para 487 milhões de euros (US$ 758,6 milhões), em relação aos 587 milhões de euros obtidos no mesmo período de 2007. Segundo a empresa, a redução dos ganhos deve-se às altas provisões contra risco, que cortaram 236 milhões de euros. No entanto, a montadora confirmou suas estimativas para ganhos e vendas de carros em 2008.A receita da BMW subiu 11,2%, passando de 11,95 bilhões de euros no primeiro trimestre de 2007 para 13,29 bilhões de euros entre janeiro e março deste ano. O diretor-financeiro da companhia, Michael Ganal, afirmou que maiores encargos podem surgir se os preços dos carros usados caírem mais, mas acrescentou que isso parece improvável. "Com base em nossas últimas avaliações, a BMW considera que a provisão contra risco feita no primeiro trimestre será suficiente para o restante do ano", disse, em comunicado.A valorização do euro tem sido a maior preocupação para os exportadores europeus de automóveis nos últimos meses e a BMW está particularmente exposta, porque os Estados Unidos são o maior mercado individual da companhia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.