bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Lucro da Braskem cai 89% no primeiro semestre

A petroquímica brasileira Braskem registrou no primeiro semestre lucro líquido de R$ 68 milhões, 89% menor que o do mesmo período de 2005, informou hoje a companhia. Segundo informação divulgada nesta quinta-feira pela empresa, o balanço foi afetado pelo resultado do segundo trimestre, no qual a empresa teve perdas de R$ 54 milhões, que contrastam com o lucro de R$ 437 milhões do mesmo período de 2005.Segundo a companhia, entre os fatores que afetaram seus resultados estão a valorização do real, o aumento significativo do preço da nafta - principal matéria-prima da empresa -, a tendência de alta do barril de petróleo e dos preços da energia.A Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas da América Latina, anunciou que seu lucro antes do pagamento de juros, impostos, desvalorização e amortizações (Ebitda) chegou a R$ 653 milhões, 50% a menos que no primeiro semestre de 2005. A receita líquida caiu 11% no semestre e somou R$ 5,470 bilhões.As exportações da Braskem no primeiro semestre somaram US$ 613 milhões, um aumento de 12% em comparação ao mesmo período do ano passado.Dívida A dívida líquida da empresa em 30 de junho era de R$ 4,603 bilhões, 19,6% maior que a registrada no fechamento do primeiro trimestre.A companhia atribuiu esse crescimento ao pagamento de dividendos, ao programa de recompra de ações e ao aumento das necessidades de capital de giro.Durante o primeiro semestre, a Braskem fez investimentos no valor de R$ 377 milhões.

Agencia Estado,

03 de agosto de 2006 | 15h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.