bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Lucro da BRF mais do que dobra no 1º trimestre

Ganho da empresa alimentos somou R$ 359 milhões no período, alta de 134% em relação a um ano antes

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

29 de abril de 2013 | 19h51

SÃO PAULO - A empresa de alimentos BRF registrou lucro líquido de R$ 359 milhões no primeiro trimestre, 134% maior que os R$ 153 milhões do mesmo período de 2012. O resultado foi impulsionado pela melhora operacional da companhia no período, com forte crescimento do Ebitda e de suas margens.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 59%, passando de R$ 506 milhões para R$ 804 milhões na mesma base de comparação. A margem Ebitda foi de 11,1%, 3,1 pontos porcentuais a mais do que a de 8% do primeiro trimestre de 2012.

A empresa ainda informou o Ebitda ajustado do primeiro trimestre que ficou em R$ 853 milhões, alta de 60% ante o de R$ 532 milhões do mesmo período de 2012. A margem nesse conceito ficou em 11,8%. O indicador ajustado se refere a outros resultados operacionais (despesas e receitas com troca de ativos), equivalência patrimonial e participação de acionistas não controladores.

A receita líquida da BRF ficou em R$ 7,209 bilhões entre janeiro e março, alta de 14% frente os R$ 6,337  bilhões do primeiro trimestre de 2012. A receita com vendas no mercado interno da BRF totalizou R$ 4,069 bilhões no primeiro trimestre. O resultado foi 4% maior do que a cifra de R$ 3,916 bilhões obtida no mesmo período de 2012. Já as exportações da companhia no período somaram R$ 3,139 bilhões, 30% acima das de R$ 2,421 bilhões do primeiro trimestre de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
brflucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.