Lucro da Caixa Econômica cai 22% em 2009, para R$ 3 bilhões

No 4º trimestre, lucro do banco federal subiu 57,4% ante o mesmo período de 2008

Ana Paula Ribeiro, da Agência Estado,

12 de fevereiro de 2010 | 12h31

A Caixa Econômica Federal registrou no quatro trimestre de 2009 um lucro líquido de R$ 972 milhões, o que representa uma alta de 57,4% em relação ao mesmo período de 2008. No acumulado de todo o ano passado, o lucro do banco público chegou a R$ 3 bilhões, equivalente a uma queda de 22% na comparação com o ano anterior.

O resultado fez com que a Caixa alcançasse em 2009 um retorno sobre patrimônio líquido de 22,8%, o que representa uma queda em relação aos 30,7% de 2008. O banco explicou que, apesar da queda na rentabilidade, esse indicador ficou 7 pontos porcentuais acima da projeção do orçamento do ano passado.

Os ativos totais da instituição financeira chegaram a R$ 341,8 bilhões, com expansão de 15,5%. A carteira de crédito totalizava em dezembro R$ 124,4 bilhões, o que representa um crescimento de 55,3% ante o estoque de dezembro de 2008. Isso fez com que a Caixa fosse responsável, no ano passado, por 8,8% do crédito ofertado pelo sistema financeiro. Em 2008, a participação havia sido de 6,5%.

Já o índice de Basileia do banco chegou ao fim de dezembro de 2009 em 17,5%. Pelas regras brasileiras, todo banco deve ter capital mínimo de R$ 11 para emprestar R$ 100. Essa proporção é a mínima requerida e representa um índice de Basileia de 11%. Na prática, quanto mais próximo de 11%, menor a capacidade do banco de realizar novos empréstimos.

Tudo o que sabemos sobre:
lucro, balanço, Caixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.