Lucro da Coca-Cola cresce 10% no primeiro trimestre

O grupo Coca-Cola registrou no primeiro trimestre do ano um aumento de 10% no lucro, atingindo US$ 1,106 bilhão. A informação, divulgada nesta quarta-feira pela companhia, detalhou que, apesar do resultado positivo, a receita foi prejudicada por uma mudança contábil na Espanha. Segundo informou a empresa, a receita pela distribuição do produto final não foi inserida nas contas, fazendo com que apenas a venda de concentrados para as engarrafadoras fosse inserido. Desta forma, a arrecadação da multinacional na Europa caiu 21%, e deles, 14% - cerca de US$ 155 milhões - foram atribuídos à essa mudança contábil. Com isso, no primeiro trimestre do ano, a multinacional pode manter a receita internacional na ordem dos US$5,226 bilhões, o mesmo número que no ano passado. Por áreas geográficas, a multinacional obteve seus melhores resultados em economias em desenvolvimento, como a América Latina, onde a receita cresceu 22%. O lucro por ação chegou a US$ 0,47, acima dos US$ 0,42 do ano passado, mas abaixo dos US$ 0,49 que os analistas esperavam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.