Lucro da Embraer apresenta queda no 2º trimestre

A Embraer registrou lucro líquido de R$ 218,807 milhões no primeiro semestre, o que representa uma queda de 36,17% sobre o resultado apurado no mesmo período de 2002. O lucro por ação foi de R$ 0,30674. O lucro líquido no segundo trimestre foi de R$ 21,4 milhões, frente a R$ 166,5 milhões no segundo trimestre de 2002 e a R$ 197 milhões no primeiro trimestre de 2003. O presidente da empresa, Maurício Botelho, afirmou hoje, em teleconferência, que este resultado sofreu forte impacto da valorização do real frente ao dólar nos últimos meses. Somente no segundo trimestre, a valorização foi de 14%, atingindo 18% no semestre. Botelho acredita que o câmbio vai se estabilizar em R$ 3,10 a partir de agora. A valorização da moeda nacional também diminuiu a margem bruta, que foi de 31,6% no segundo trimestre de 2003, frente a 41,8% no segundo trimestre de 2002 e a 39,4% no primeiro trimestre de 2003. A margem teve impacto da depreciação dos estoques. "Os nossos estoques se desvalorizaram, pois foram adquiridos quando o dólar estava mais forte", explicou Botelho.Entregas diminuem no 2º trimestre para 28 jatosNo segundo trimestre, foram entregues 28 jatos pela Embraer, sendo 25 para o mercado de aviação comercial e três Legacy (aviação corporativa). Foram dois aviões a menos do que os 30 entregues no segundo trimestre de 2002. Apesar da redução do número de entregas, a receita líquida da Embraer aumentou 6% em relação ao segundo trimestre de 2002, para R$ 1,650 bilhão. O crescimento ocorreu, segundo Botelho, por causa da valorização do real frente ao dólar no período. A Embraer informou que os pedidos em carteira em 30 de junho totalizavam US$ 27,1 bilhões, sendo US$ 10,3 bilhões em ordens firmes e US$ 16,8 bilhões em opções. "Isto é muito relevante, pois a partir dos atentados terroristas de 2001, o nosso backlog vinha se reduzindo. Agora, voltamos a um nível de bastante confortável", disse o presidente da empresa, em teleconferência realizada hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.