Lucro da Fiat sobe no 1º trimestre, impulsionado pela Chrysler

Lucro líquido da montadora ficou em 379 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, ante um lucro de 37 milhões de euros em igual período do ano passado

Alvaro Campos,da Agência Estado,

26 de abril de 2012 | 12h59

A montadora italiana Fiat divulgou nesta quinta-feira, 26, que teve lucro líquido de 379 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, ante um lucro de 37 milhões de euros em igual período do ano passado. Analistas esperavam lucro de 205 milhões de euros.

O lucro operacional da Fiat antes de itens extraordinários subiu para 866 milhões de euros no primeiro trimestre de 2012, de 251 milhões de euros em igual mês do ano passado. A receita avançou para 20,2 bilhões de euros, de 9,2 bilhões de euros.

Já a dívida industrial líquida aumentou para 5,8 bilhões de euros, de 5,5 bilhões de euros no fim de dezembro, devido a uma alta nos investimentos.

Apesar da melhora nos resultados da Fiat, boa parte do avanço se deve à compra da fatia majoritária na Chrysler, que só começou a ser contabilizada no balanço da companhia italiana em junho de 2011. Excluindo a Chrysler, a Fiat teve um prejuízo líquido de 1,5 bilhão de euros no primeiro trimestre.

A montadora reafirmou suas projeções financeiras para o ano, mas destacou as dificuldades que enfrentou na Europa como resultado da queda na demanda, em meio à crise da dívida soberana. "Eventos nos últimos 12 meses, e mais especialmente na segunda metade de 2011, geraram dúvidas sobre as projeções para todo o mercado e sobre os planos do próprio grupo para a Europa até o fim de 2014", disse a Fiat em comunicado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BalançoFiat

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.