Lucro da Gerdau fica em R$ 1 bi no 1º trimestre

A Gerdau registrou lucro líquido de R$ 1,090 bilhão no primeiro trimestre de 2008, o que representou um recuo de 7,47% sobre o R$ 1,178 bilhão de igual período de 2007. A receita líquida da siderúrgica foi de R$ 8,944 bilhões de janeiro a março deste ano, com aumento de 21,9% em relação ao mesmo trimestre de 2007, e o lucro bruto aumentou 20,5%, para R$ 2,132 bilhões.O lucro operacional foi de R$ 1,501 bilhão, com alta de 24,9%, e o lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) alcançou R$ 1,985 bilhão, com crescimento de 30,4%. A margem Ebitda passou de 20,8% para 22,2%.Segundo relatório da empresa, o lucro menor no trimestre deve-se, principalmente, a um ganho cambial menor sobre os financiamentos em moeda estrangeira contratada pelas empresas no Brasil e também às aquisições realizadas nesse período. A margem líquida foi de 12,2%.O grupo Gerdau está entre os 15 maiores produtores de aço do mundo. Possui 272 unidades industriais e comerciais, presente no Brasil, na Argentina, no Chile, na Colômbia, no Peru, no Uruguai, no México, na República Dominicana, na Venezuela, nos Estados Unidos, no Canadá, na Espanha e na Índia. A Gerdau possui capacidade instalada de 24,8 milhões de toneladas por ano, segundo informações da página da empresa na internet, e fornece aço para os setores da construção civil, indústria e agropecuária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.