Lucro da Microsoft cresce 23%, para US$ 4,29 bilhões

As ações da Microsoft fecharam em alta de 2,37% no pregão regular em Nova York

Marcílio de Souza, da Agência Estado,

25 de outubro de 2007 | 18h56

O lucro líquido da Microsoft chegou a US$ 4,29 bilhões (US$ 0,45 por ação) no terceiro trimestre deste ano, o primeiro trimestre fiscal da empresa. O montante representa um aumento de 23% em comparação com o lucro líquido de US$ 3,48 bilhões (US$ 0,35 por ação) registrado em igual período do ano passado.   A receita aumentou 27,4% na mesma base de comparação, passando de US$ 10,8 bilhões para US$ 13,76 bilhões. Analistas consultados pela Thomson Financial previam, em média, lucro de US$ 0,39 por ação e receita de US$ 12,6 bilhões.   A companhia afirmou que prevê lucro de US$ 0,44 a US$ 0,46 por ação para o segundo trimestre fiscal, e receita entre US$ 15,6 bilhões e US$ US$ 16,1 bilhões. As ações da Microsoft fecharam em alta de 2,37% no pregão regular em Nova York, cotadas a US$ 31,99. No after hours, por volta das 18h15 (de Brasília), subiam 4,81%, para US$ 33,53. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Microsoft

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.