Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Lucro da Procter & Gamble supera previsões

A Procter & Gamble informou que registrou lucro de US$ 1,194 bi, ou US$ 0,89 por ação, no trimestre até 31 de dezembro, de US$ 1,126 bi, ou US$ 0,83 por ação, no mesmo período de 1999. O resultado do quarto trimestre computa uma despesa de US$ 120 mi, após o desconto dos impostos, relacionado ao programa de reestruturação "Organização 2005". Eliminadas essas despesas, o lucro líquido central da Procter & Gamble foi de US$ 1,31 bi, ou US$ 0,93 por ação, ficando US$ 0,01 acima das previsões dos analistas. As vendas da empresa caíram 3,8%, para um total de US$ 10,1 bi no três últimos meses de 2000, de US$ 10,5 bi em igual período de 1999. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2001 | 13h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.