Lucro da Renault recua 25% no primeiro semestre

A companhia automobilística francesa Renault anunciou lucro de 1,627 bilhão de euros no primeiro semestre, 25% menor que o registrado no mesmo período de 2005. Conforme divulgado nesta quinta-feira, na diminuição dos resultados pesou a contribuição de suas participações na japonesa Nissan e no grupo sueco Volvo, que representaram no total 1,212 bilhão de euros, frente ao 1,536 bilhão de euros anunciado na primeira metade do ano passado.O resultado operacional da companhia francesa foi reduzido quase à metade, com 649 milhões de euros. A margem operacional, por sua vez, caiu 47,2%, para 592 milhões de euros, o que representou 2,7% do faturamento, quando no primeiro semestre de 2005 este montante tinha respondido por 4,4%.O recuo da margem operacional pode ser explicado pela divisão automotiva, onde os 323 milhões de euros supuseram apenas 1,6% do volume de negócios, frente aos 3,3% registrados no primeiro semestre do exercício fiscal anterior.O faturamento subiu 0,4%, para 21,547 bilhões de euros, apesar de as vendas de veículos terem recuado 3,2%, para 1.315.351 unidades.O presidente executivo da empresa, o brasileiro Carlos Ghosn, insistiu em afirmar que a margem operacional "está alinhada" com as previsões apresentadas no início do ano, de 2,5% do faturamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.