Lucro da Sabesp cresce 34,6% e atinge R$ 1 bi em 2007

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) fechou 2007 com lucro líquido de R$ 1,05 bilhão, o que representa alta de 34,6% sobre os R$ 778,9 milhões obtidos em 2006. O lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 10,3%, de R$ 2,4 bilhões em 2006 para R$ 2,7 bilhões em 2007.A receita operacional líquida da Sabesp somou R$ 5,97 bilhões no ano passado, 8% superior a 2006. Já a receita operacional bruta cresceu 7,8%, para R$ 6,4 bilhões em 2007. De acordo com a companhia, os principais fatores que contribuíram para esse crescimento foram o reajuste tarifário de 6,7% em 2006 com impacto de 4,7% em 2007, e o reajuste tarifário de 4,1% em setembro de 2007, cujo impacto no exercício foi de 1% perfazendo um total de 5,7%; e o aumento de 3,1% no volume faturado.Em 2007, a companhia reduziu seu endividamento total em R$ 512,3 milhões, tendo amortizado um total de R$ 734,8 milhões de dívidas e contraído novas dívidas no valor de R$ 222,5 milhões. A dívida líquida sobre o Ebitda passou de 2,45 vezes para 1,93 vez. A dívida líquida sobre o patrimônio líquido passou de 66,5% para 53,4%.A Sabesp é uma empresa de economia mista, de capital aberto, que tem como principal acionista o governo do Estado de São Paulo e atua como concessionária de serviços sanitários municipais. Presente em 366 municípios do Estado de São Paulo, ela é responsável pelo planejamento, construção e operação de sistemas de água, esgotos domésticos e industriais. A empresa produz 100 mil litros de água por segundo para abastecer mais de 26 milhões de clientes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.