Lucro da Sabesp sobe 95,5% no terceiro trimestre

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) fechou o terceiro trimestre com lucro líquido de R$ 382,201 milhões, um crescimento de 95,5% em relação ao resultado obtido no mesmo período do ano passado. A receita líquida subiu 7,3%, para R$ 1,491 bilhão, e o lucro bruto aumentou 9,2%, para R$ 828,292 milhões.A empresa obteve redução de 14,4% nas despesas com vendas, para R$ 163,117 milhões. As despesas financeiras líquidas tiveram ligeira queda, de 1,5%, para R$ 153,243 milhões. A companhia detalhou os ganhos com variações cambiais, que somaram R$ 35,242 milhões, uma alta de 1.301%.O Ebitda avançou 17% entre os dois períodos, atingindo R$ 732,808 milhões. A margem Ebitda subiu de 45% no terceiro trimestre de 2006 para 49,1% para o mesmo intervalo deste ano. A empresa não divulgou os dados do período acumulado nos primeiros nove meses de 2007.Segundo a Sabesp, o crescimento da receita líquida deve-se ao acréscimo de 2,6% no volume faturado de água e esgoto, sendo 1,4% no varejo e 15,2% no atacado. Além disso, a empresa contou com os efeitos proporcionais de dois aumentos de tarifas. O primeiro reajuste foi de 6,7%, em agosto do ano passado, portanto sem gerar impacto sobre todo o terceiro trimestre de 2006. O outro foi em setembro deste ano, de 4,1%.

DANIELA MILANESE, Agencia Estado

15 de novembro de 2007 | 13h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.