finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Lucro da Siemens subiu 32% de outubro a dezembro

A Siemens informou, em Munique, que seu lucro líquido cresceu 32%, para 778 mi de euros, no primeiro trimestre fiscal, que equivale ao período de outubro a dezembro de 2000, na comparação com o mesmo exercício de 1999. Os resultados foram ajustados pelos efeitos de uma taxação não recorrente gerada pelo fato de a companhia ter alterado seus padrões contábeis para o sistema norte-americano. Desconsiderando-se essa despesa, o lucro da companhia foi de 1 bi de euros. As vendas da Siemens cresceram 23%, de 16,7 bi de euros para 20,5 bi de euros, no período. A empresa também fez projeções mais cautelosas para o ano, em razão das condições da economia e dos efeitos do câmbio. A companhia previu queda nas vendas e nas encomendas, mas reforçou que seu desempenho deverá superar o ritmo médio das indústrias do setor. As informações são da agência Dow Jones.

Agencia Estado,

31 de janeiro de 2001 | 11h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.