Lucro da Walt Disney fica acima das previsões

O balanço do conglomerado de mídia e entretenimento Walt Disney superou as estimativas, com o desempenho de seus parques temáticos e de suas produções cinematográficas atenuando os resultados fracos apresentados pela rede de televisão ABC, que refletiram a queda no número de anúncios. A companhia apurou lucro, antes de ajustes, de US$ 341 mi, ou US$ 0,16 por ação no primeiro trimestre fiscal, equivalente aos três meses até 31 de dezembro, de US$ 278 mi, ou US$ 0,13 no mesmo exercício do ano anterior. A previsão média dos analistas era de lucro de US$ 0,15 por ação. Excluindo os números referentes ao Grupo Internet e as mudanças contábeis, o lucro por ação cresceu 22%, para US$ 0,28 por ação. O lucro líquido da empresa foi de US$ 63 mil, abaixo dos US$ 278 mil do ano passado. O faturamento do conglomerado cresceu 7%, passando para US$ 7,3 bi nos três meses até 31 de dezembro. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.