Lucro da Xerox dobrou no segundo trimestre

A fabricante de material para escritório Xerox anunciou nesta segunda-feira que o lucro da empresa dobrou no segundo trimestre em relação ao registrado no mesmo período de 2004. O lucro no segundo trimestre foi de US$ 408 milhões (US$ 0,40 por ação), contra os US$ 187 milhões (US$ 0,21 por ação) de igual período de 2004.Os resultados incluem um ganho de US$ 0,33 por ação correspondente a um acordo com a agência tributária dos Estados Unidos (IRS, em inglês) e uma carga de US$ 0,13 por reestruturação. Se esses dois fatores excepcionais não forem considerados, o lucro é de US$ 0,29 por ação. Os analistas tinham previsto US$ 0,23.A receita subiu de US$ 3,850 bilhões de um ano atrás para US$ 3,920 bilhões, um aumento de 2%, segundo um comunicado da empresa. A nota informa ainda que a empresa registrou uma alta de 4% das vendas de equipamento e de 17% dos produtos para impressão colorida.PerspectivaA Xerox calcula que o lucro no terceiro trimestre estará entre US$ 0,16 e US$ 0,18 por ação (incluída uma carga de US$ 0,01 por reestruturação), cifra que está abaixo do que os analistas esperavam, US$ 0,22 por ação. Após o anúncio dos resultados, as ações da Xerox caíam 5,84% na Bolsa de Nova York, onde eram negociadas a US$ 13,23.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.