Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Lucro de pequenos bancos chineses fecha com alta de 53%

Taxa de empréstimos não pagos nessas entidades financeiras chinesas caiu de 2,45% a 1,7%

Efe,

18 de março de 2009 | 06h17

A crise financeira mundial não afetou os médios e pequenos bancos da China, cujos lucros em 2008 chegaram a 125,2 bilhões de iuanes (US$ 18,3 bilhões), cifra 53% mais alta que em 2007, destacou a Comissão Reguladora de Valores da China.

 

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise   

 

Em seu site oficial, a comissão também destacou que a taxa de empréstimos não pagos nessas entidades financeiras chinesas caiu de 2,45% a 1,7% no ano passado.

 

A crise financeira não afetou excessivamente os bancos chineses, mas o país asiático sofreu graves efeitos no terreno da economia real, especialmente nas exportações que, em janeiro e fevereiro deste ano, recuaram 26%.

 

O Banco Mundial estimou nesta quarta-feira, 18, que a economia chinesa crescerá apenas 6,5% em 2009, contra 9% de 2008 e 11,9% de 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacrise financeiracrise dos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.