carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

''Lucro depende da tecnologia''

Agricultor aproveita condições de preço e financiamento para comprar maquinário

Fernanda Yoneya, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2011 | 00h00

O produtor Ernesto Sitta Filho, que cultiva 3,6 mil hectares de soja, milho, feijão e algodão em Rio Verde (GO) e 1.150 hectares de cana-de-açúcar em Jaboticabal (SP), ilustra o clima de otimismo vivido no campo. Ele aproveitou a Agrishow, encerrada no último dia 6, em Ribeirão Preto (SP), para comprar um distribuidor de fertilizante e calcário para agricultura de precisão, dois tratores e duas colhedoras.

O implemento, no valor de R$ 98 mil, foi adquirido com recursos próprios. Os tratores, cada um no valor de R$ 130 mil, e as colhedoras, a R$ 100 mil cada, foram financiados. As condições do financiamento incluem prazo de oito anos para pagar as máquinas e taxa de juros de 6,5% ao ano.

"Este ano eu quis aproveitar o bom momento, já que tanto insumos quanto grãos e cana estão com preços bons. Mas todas as aquisições foram muito bem planejadas", afirma o produtor. "Nunca tive receio de investir em tecnologia, porque dela depende o retorno econômico do agricultor."

Prova disso é que a produtividade das plantações de Sitta não para de aumentar. "Na soja, o rendimento é de 61 sacas por hectare; no milho safrinha, 123 sacas por hectare; no feijão, 45 sacas por hectare e 320 arrobas de algodão safrinha por hectare. Meus níveis de produtividade são muito elevados."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.