Lucro do banco J.P.Morgam cresce 78%

O J.P. Morgan Chase, segundo maior banco em ativos dos Estados Unidos, informou que seu lucro cresceu 78% no segundo trimestre, com o aumento das vendas de títulos e com um volume maior de transações. A instituição auferiu lucro de US$ 1,83 bilhão, ou US$ 0,83 por ação, no segundo trimestre, de US$ 1,03 bilhão, ou US$ 0,50 por ação, em igual período de 2002. O resultado ficou bem acima das expectativas dos analistas de que o banco fechasse o período com lucro de US$ 0,63 por ação. O faturamento do conglomerado também superou os prognósticos. O faturamento cresceu para US$ 8,6 bilhões no segundo trimestre, de US$ 7,9 bilhões no mesmo período de 2002. A previsão dos analistas era de US$ 8,5 bilhão. A receita com transações financeiras mais que dobrou para US$ 1,48 bilhão. As ações do J.P. Morgan acumulam alta de 55% nesse ano, o que as torna as mais valorizadas da cesta do índice Dow Jones. As informações são das agências internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.