Lucro do banco Morgan Stanley cai 60% no trimestre

O banco de investimentos americano Morgan Stanley divulgou queda de 60% no lucro líquido do segundo trimestre fiscal, à medida que as condições difíceis do mercado, o menor nível de atividade dos clientes e custos de separação impactaram os resultados, especialmente nos segmentos de renda fixa e assessoria de gestão financeira ("asset management").No trimestre encerrado em 31 de maio, o banco de investimentos teve lucro líquido de US$ 1,03 bilhão, ou US$ 0,95 por ação, abaixo dos US$ 2,58 bilhões, ou US$ 2,45 por ação, registrados um ano antes. A receita líquida caiu 38%, para US$ 6,51 bilhões. O retorno sobre o patrimônio, uma importante medida de lucratividade das instituições financeiras, caiu para 12,3%, de 27,4%.O resultado recente inclui US$ 245 milhões em gastos com demissão de funcionários e US$ 120 milhões em baixas contábeis no segmento de renda fixa, de marcações no portfólio de um corretor que não estava de acordo com as políticas do Morgan Stanley. Os resultados do ano anterior incluem US$ 0,21 por ação de ganhos com operações descontinuadas. Analistas consultados pela Thomson Reuters esperavam um lucro de US$ 0,92 por ação, com receita de US$ 7,05 bilhões. As informações são da Dow Jones.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

18 de junho de 2008 | 10h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.