Lucro do Banespa cresce 57,72%

O Banespa encerrou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 830,049 milhões, o que representa aumento de 57,72% em relação aos R$ 526,292 milhões do mesmo período de 2002. O lucro por ação ficou em R$ 0,02142. As receitas da intermediação financeira somaram R$ 1,540 bilhão, com elevação de 28,77%. As operações de crédito atingiram R$ 510,506 milhões, subindo 4,99%. As despesas da intermediação financeira avançaram 41,75% e ficaram em R$ 545,978 milhões, enquanto o resultado bruto da intermediação subiu 22,60%, para R$ 994,443 milhões. A provisão para créditos de liquidação duvidosa alcançou R$ 87,720 milhões no primeiro trimestre do ano, com queda de 6,74% em relação ao mesmo período de 2002. As receitas de prestação de serviços totalizaram R$ 174,137 milhões, o que representa avanço de 8,86%. O banco registrou lucro operacional até março de R$ 889,794 milhões, contra R$ 561,990 milhões no primeiro trimestre de 2002, uma elevação de 58,33%. Em 31 de março, o patrimônio líquido do Banespa estava em R$ 3,865 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.