Lucro do Bank of America cai 77% com perdas em crédito

Ganhos da instituição financeira caem para US$ 1,21 bilhão e ficam abaixo do esperado pelos analistas

Reuters,

21 de abril de 2008 | 10h22

O Bank of America, segundo maior banco dos Estados Unidos, anunciou nesta segunda-feira, 21, uma queda de 77% no lucro do primeiro trimestre, afetado por perdas operacionais e pelo aumento de US$ 3,3 bilhões das reservas para problemas de crédito. O lucro líquido da companhia caiu para US$ 1,21 bilhão, ou US$ 0,23 por ação, contra US$ 5,26 bilhões, ou US$ 1,16 por ação, no mesmo período do ano anterior. A receita líquida caiu 6%, para US$ 17 bilhões, informou o banco.   Veja também:   BC inglês libera US$ 100 bi para conter crise financeira Cronologia da crise financeira  Entenda a crise nos Estados Unidos   Analistas esperavam, em média, lucro de US$ 0,45 por ação, com receita de US$ 16,33 bilhões, de acordo com o Reuters Estimates. Os resultados incluem US$ 170 milhões em despesas com fusão e reestruturação e US$ 776 milhões de receita com a oferta pública inicial de ações (IPO) da rede de cartões de crédito Visa, no mês passado. "Esse resultado claramente não atendeu às nossas expectativas", disse o presidente-executivo do Bank of America, Kenneth Lewis, em comunicado. "A fraqueza da economia e os problemas prolongados nos mercados de capitais cobraram seu preço." O resultado inclui também US$ 1,31 bilhão em perdas operacionais. Isso reflete baixas contábeis de US$ 1,47 bilhão, relacionadas a obrigações colateralizadas de dívida, e US$ 439 milhões em empréstimos para resgates em fundos alavancados. As perdas operacionais no quarto trimestre haviam sido de US$ 5,15 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Bank of AmericaCrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.