Lucro do BBVA fica dentro do esperado no 1o trimestre

O BBVA, segundo maior banco da Espanha,cumpriu expectativas do mercado ao divulgar nesta segunda-feiraum aumento de 14,9 por cento no lucro líquido. O balanço foiapoiado por forte crescimento na América Latina e operações comempresas que compensaram redução de ritmo econômico no mercadodoméstico. O BBVA informou que o lucro recorrente somou 1,44 bilhão deeuros (2,25 bilhões de dólares), cumprindo expectativa média de11 analistas consultados pela Reuters, de 1,42 bilhão de euros. Analistas informaram que os resultados foram fortes,particularmente se comparados com bilhões de euros em baixascontábeis divulgadas por bancos globais de investimentos, eficaram satisfeitos com a falta de notícias do BBVA sobre esseassunto. "Não é uma grande notícia, mas a falta de notícia énotícia", disse o analista Antonio Ramirez, do Keefe Bruyetteand Woods. As ações do BBVA caíram cerca de 14 por cento este ano, emlinha com índice europeu de bancos . Mas às 8h12, os papéisexibiam alta de 2 por cento na bolsa de Madri. Nas operações latino-americanas, o BBVA informou que olucro líquido no México subiu 25,9 por cento, para 501 milhõesde euros, enquanto o lucro líquido na América do Sul avançou19,4 por cento, para 181 milhões de euros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.