Lucro do BNDES caiu 31,5% em 2002

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) encerrou o ano passado com lucro líquido de R$ 549,6 milhões, com queda de 31,5% em relação aos R$ 802 milhões computados em 2001. No último trimestre do ano, em particular, o banco estatal contabilizou prejuízo de R$ 75,2 milhões, num período em que os bancos comerciais registraram recorde de lucros no País. O resultado do BNDES foi impactado pelo grande aumento nas provisões para devedores duvidosos, que atingiu R$ 1,309 bilhão no trimestre, elevando o acumulado no final do ano passado para R$ 2,546 bilhões.Nessas provisões não estão alocadas todas as operações de empréstimos para a Eletropaulo, maior concessionária de energia elétrica do País, o que faria com a instituição registrasse prejuízo em 2002 se fossem computadas. O banco, na verdade, só não registrou prejuízo devido às operações no mercado de "tesouraria", com derivativos e operações de câmbio, que garantiram receita extra de R$ 615 milhões em 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.