Lucro do BNY Mellon recua 3% no 4o trimestre

O Bank of New York Mellon, um dos maiores bancos de custódia do mundo, informou que seu lucro decorrente de operações contínuas caiu 3 por cento no quarto trimestre de 2010.

REUTERS

19 de janeiro de 2011 | 12h06

O lucro líquido atribuível a acionistas ordinários cedeu para 690 milhões de dólares, ou 0,55 dólar por ação, ante 712 milhões de dólares, ou 0,59 dólar por papel, um ano antes.

A receita do banco ficou em 3,8 bilhões de dólares de outubro a dezembro, alta anual de 14 por cento e aumento de 10 por cento sobre o trimestre anterior.

A instituição afirmou ter alcançado recorde de 25 trilhões de dólares em ativos sob custódia ao final do ano passado, crescimento de 12 por cento em relação a 2009.

(Por Aaron Pressman)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBNYMELLONRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.