Lucro do Citi cai 57% para US$ 2,3 bi no 3º trimestre

O Citigroup anunciou hoje que seu lucro líquido no terceiro trimestre caiu 57% para US$ 2,38 bilhões, ante os US$ 5,51 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. A instituição financeiro informou que a queda do lucro ocorreu em razão das perdas ocorridas com o segmento de hipotecas de risco (subprime) nos Estados Unidos. A receita do banco no terceiro trimestre totalizou US$ 22,66 bilhões, ante US$ 21,42 bilhões no período correspondente de 2006. O desempenho ficou em linha com o alerta do banco feito no início do mês, quando o Citi anunciou que seu lucro deveria diminuir 60%. "Este foi um trimestre decepcionante, mesmo dentro do contexto das disfunções dos mercados de crédito e hipotecário subprime. Uma quantia significativa do declínio do nosso lucro ocorreu nos negócios com renda fixa", disse o executivo-chefe do banco, Chuck Prince, em press release distribuído hoje.Os resultados do terceiro trimestre incluíram uma baixa contábil antes do pagamento de impostos de US$ 1,35 bilhão nos valores de empréstimos concedidos para financiar compras alavancadas; US$ 1,56 bilhão em prejuízos ante o pagamento de impostos relacionadas a empréstimos e hipotecas subprime que seriam remanejados e vendidos a investidores como obrigações de empréstimos não garantidos; US$ 636 milhões em prejuízos com negócios com renda fixa, antes do pagamento de impostos, e US$ 2,98 bilhões em custos maiores com créditos ao consumidor. As informações são da Dow Jones.

PATRICIA LARA, Agencia Estado

15 de outubro de 2007 | 09h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.