carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Lucro do Deutsche Bank cai no 4o tri, sem surpresa com crédito

O Deutsche Bank cumpriu sua promessade não ter mais surpresas relacionadas à crise de créditos dealto risco e divulgou nesta quinta-feira apenas pequenas baixascontábeis referentes ao quarto trimestre do ano passado. Apesardisso, o lucro do banco caiu afetado pela divisão de banco deinvestimento. Um dos poucos bancos a escapar ileso da crise que atingiugrandes instituições financeiras como Citigroup e UBS, oDeutsche anunciou elevação de dividendos aos acionistas. O lucro do banco no quarto trimestre de quase 1 bilhão deeuros foi praticamente metade do que a instituição obteve umano antes, entretanto, o ganho ficou um pouco acima dasexpectativas do mercado de 925 milhões de euros. O motor dos negócios do grupo, a divisão de banco deinvestimentos, sofreu forte queda no lucro dos últimos trêsmeses do ano passado, para 447 milhões de euros (655 milhões dedólares). O valor corresponde a uma queda de mais de 50 porcento por conta da redução na demanda por produtos relacionadosà dívida. O presidente-executivo do banco, Josef Ackermann, manteve"visão" do banco ter lucro antes de impostos de 8,4 bilhões deeuros em 2008, quase tão bom quanto o recorde de 8,7 bilhões deeuros registrado em 2007. Apesar disso, o executivo alertou quetempos difíceis estão diante da economia global e dos mercadosde capitais. O Deutsche anunciou baixas contábeis de menos de 50 milhõesde euros em alavancagem financeira --nenhuma relacionada aosetor de financiamento imobiliário de alto risco dos EstadosUnidos, o subprime-- no último trimestre de 2007. (Por John Odonnell)

REUTERS

07 de fevereiro de 2008 | 10h26

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSDEUTSCHE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.