Lucro do Itaú no 1º trimestre avança 7,5%, para R$2,04 bi

Balanço foi influenciado por aumento da carteira de crédito e contido por avanço menor na receita de serviços

Reuters,

06 de maio de 2008 | 07h32

O Itaú, segundo maior banco privado do País, fechou os primeiros três meses do ano com lucro líquido de R$ 2,04 bilhão, avanço de 7,5% sobre igual período de 2007. O balanço foi influenciado por um aumento da carteira de crédito da ordem de 36% e contido por avanço menor na receita com prestação de serviços.  Veja também:  Lucro do Bradesco atinge R$ 2,1 bi e é o maior entre privados O banco encerrou o primeiro trimestre com uma carteira de R$ 137,7 bilhões ante R$ 101,07 bilhões registrados um ano antes. As áreas de destaque foram financiamento para veículos e cartão de crédito no segmento pessoa física e micro, pequenas e médias empresas na área de pessoa jurídica. Uma média de estimativas de três analistas ouvidos pela Reuters Estimates previa lucro do Itaú em R$ 1,95 bilhão, enquanto o ganho recorrente da instituição ficou em R$ 1,98 bilhão. Na semana passada, o Bradesco, maior banco privado do País, divulgou lucro líquido de R$ 2,10 bilhões, resultado 23,3% acima do obtido no primeiro trimestre de 2007, com avanço de 38,5% na carteria. O retorno sobre patrimônio líquido médio anualizado, importante indicador da rentabilidade de um banco, fechou o trimestre passado em 28,1% ante 31,3% um ano antes. Já o resultado bruto de intermediação financeira somou R$ 3,953 bilhões, avanço de 6,3% em relação ao primeiro trimestre de 2007.Refletindo campanha de fidelização de clientes via redução de tarifas, a receita do Itaú com prestação de serviços somou R$ 2,5 bilhões, caindo 6,4% em relação ao quarto trimestre e avançando 3,3% na comparação com os três primeiros meses de 2007. Entre 2006 e 2007, a receita teve avanço maior, de 14%. O Itaú registrou ativos totais de R$ 327,624 bilhões no trimestre passado contra R$ 257,85 bilhões entre janeiro e março de 2007. Enquanto isso, o Bradesco viu seus ativos avançarem 26%, para R$ 355,52 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Itaú

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.