Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Lucro do Itaú Unibanco tem queda de 8% no segundo trimestre

Carteira de empréstimos da maior instituição financeira do País recua 2,5% no período com a valorização do real

Aline Cury Zampieri, da AE,

11 de agosto de 2009 | 08h54

O Itaú Unibanco Holding, a maior instituição financeira do País, registrou uma queda em seu lucro no segundo trimestre deste ano de 8%. O balanço divulgado nesta terça-feira, 11, mostra um ganho líquido de para R$ 2,571 bilhões. O lucro líquido recorrente, que exclui operações extraordinárias, ficou em R$ 2,429 bilhões, uma queda de 14,35% sobre o segundo trimestre de 2008.

A carteira de empréstimos e financiamentos ficou em R$ 265,966 bilhões, incluindo avais e fianças, uma redução de 2,5% em relação ao saldo de março deste ano e um aumento de 15,1% na comparação com o mesmo período de 2008.

No relatório que acompanha o balanço, o Itaú Unibanco atribui a queda ante o primeiro trimestre à valorização do real frente a moedas estrangeiras. "Desconsiderando esse impacto, o crescimento do saldo total da carteira de crédito seria de 0,5% entre os períodos", informa a instituição.

O efeito cambial afetou em especial o saldo dos empréstimos a grandes empresas, que recuou 9,5% em relação ao primeiro trimestre e levou a carteira total de pessoas jurídicas a registrar uma redução de 4,5%, na mesma base de comparação, para R$ 145,976 bilhões. Apesar da queda ante os três primeiros meses do ano, o crédito a empresas apresenta uma alta de 17,1% frente ao segundo trimestre do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
Itaú Unibancobalanços

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.