Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Lucro do McDonald’s sobe 4,8% no 1º trimestre e soma US$ 1,27 bi

Receita da rede de fast-food aumentou 7,1%, para US$ 6,5 bi, no mesmo período

Álvaro Campos, da Agência Estado,

20 de abril de 2012 | 09h34

NOVA YORK - A rede de fast-food norte-americana McDonald's divulgou hoje que teve lucro de US$ 1,27 bilhão (US$ 1,23 por ação) no primeiro trimestre deste ano, uma alta de 4,8% na comparação com o lucro do mesmo período do ano passado, de US$ 1,21 bilhão (US$ 1,15 por ação). A receita aumentou 7,1%, para US$ 6,55 bilhões.

Analistas ouvidos pela Thomson Reuters esperavam lucro de US$ 1,23 por ação e receita de US$ 6,54 bilhões.

As vendas globais do McDonald's tiveram alta anual de 7,3% no primeiro trimestre, no conceito "mesmas lojas". Na divisão por regiões, as vendas avançaram 8,9% nos EUA, 5% na Europa e 5,5% na Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África. A margem operacional subiu para 30%, de 29,9%.

O McDonald's tem conseguido aumentar o fluxo de clientes e as vendas mais rápido do que a maioria dos seus rivais, com seu cardápio cada vez mais diversificado e sua expansão global. O executivo-chefe da companhia, Kim Skinner, anunciou no mês passado que deve se aposentar após 41 anos na empresa. Ele será substituído pelo atual presidente e executivo-chefe operacional, Don Thompson, em julho. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
McDonaldslucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.