finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Lucro do Pão de Açúcar cai 32,7% no 2º trimestre

A receita líquida subiu 6,4%, para R$ 3,547 bilhões. O lucro bruto aumentou 2,6%, para R$ 996,372 milhões

Téo Takar, da Agência Estado,

14 de agosto de 2007 | 19h43

O Pão de Açúcar registrou lucro líquido de R$ 27,754 milhões no segundo trimestre, uma redução de 32,7% sobre o resultado de igual período do ano passado. A receita líquida subiu 6,4%, para R$ 3,547 bilhões. Este valor é o que a empresa efetivamente recebe pelas vendas de seus produtos, ou seja, o faturamento (receita bruta) diminuído dos impostos diretos, como ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins. O lucro bruto, que é a diferença entre a receita líquida e o custo dos produtos vendidos, aumentou 2,6%, para R$ 996,372 milhões. Já as despesas operacionais cresceram 5,3%, somando R$ 768,0 milhões.A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações, na sigla em inglês) recuou 5,5%, para R$ 228,372 milhões. a empresa informa ainda que o lucro operacional antes do resultado financeiro (Ebit) foi de R$ 97,336 milhões, com queda de 11,1%. Após o resultado financeiro, o lucro operacional ficou em R$ 33,806 milhões, com baixa de 14,9%. No acumulado do primeiro semestre, o lucro do Pão de Açúcar ficou em R$ 63,524 milhões, o que representa queda de 37,2% em relação ao mesmo período de 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
Pão de Açúcar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.