Lucro do Pão de Açúcar recua 52,6% no segundo trimestre

O Pão de Açúcar registrou lucro líquido consolidado, incluindo as operações do Ponto Frio, de R$ 62,3 milhões no segundo trimestre deste ano, o que representou uma queda de 52,6% sobre igual período do ano passado. Excluindo o Ponto Frio, o lucro líquido da companhia caiu 37,4%, para R$ 82,5 milhões. Os resultados não incorporam os números da Casas Bahia.

Rodrigo Petry, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2010 | 00h00

Segundo o relatório de administração que acompanha o balanço, o lucro líquido do período foi impactado pelo efeito extraordinário da adesão ao programa de parcelamento de impostos. Esse valor líquido de Imposto de Renda e do efeito de participação de minoritários totaliza R$ 44,5 milhões, conforme o relatório. Desconsiderando esse valor, o lucro líquido ajustado seria de R$ 127 milhões, o que representaria redução de 3,6%.

Ontem o diretor vice-presidente executivo de Negócios de Varejo da companhia, José Roberto Tambasco, informou que o Pão de Açúcar pretende estar "rapidamente" em todos os Estados nordestinos. "Já estamos presentes com supermercados em alguns Estados, mas não em eletroeletrônicos", disse Tambasco a jornalistas, em teleconferência. Ele evitou dar mais detalhes sobre a expansão na região, assim como sobre os planos de inaugurações de lojas do Ponto Frio e das Casas Bahia pelo País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.