finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Lucro do Safra cresce 15% e chega a R$ 1 bilhão em 2010

O Banco Safra anunciou ontem um lucro líquido de R$ 1,048 bilhão em 2010, um crescimento de 15% na comparação com o ano anterior. A carteira de crédito do banco cresceu 33,6% na mesma comparação, fechando o ano em R$ 37,3 bilhões. A taxa de retorno sobre o patrimônio líquido médio foi de 19,9%, em linha com a rentabilidade dos últimos anos, segundo o comunicado divulgado pelo Safra.

, O Estado de S.Paulo

22 de fevereiro de 2011 | 00h00

"O aumento da eficiência situou o banco como um dos mais eficientes do mercado", afirmou, em nota, o presidente do banco, Rossano Maranhão. O Índice de eficiência, que mede o desempenho operacional da instituição, ficou em 46,6% em 2010. Já o resultado operacional do banco cresceu 26,7%, atingindo R$ 1,5 bilhão.

O patrimônio líquido do Safra fechou o ano totalizando R$ 5,6 bilhões, com uma evolução de 14,4% em relação ao resultado de 2009. Os ativos totais do banco aumentaram 10,7%, de R$ 66,2 bilhões em 2009 para R$ 73,3 bilhões no ano passado. As captações (depósitos, debêntures compromissadas, repasses do BNDES e obrigações, entre outras) evoluíram 24,2% no ano, para R$ 49,1 bilhões.

Capitalização. O índice de Basileia, que reflete a capitalização do banco e mede o quanto ele pode emprestar, encerrou 2010 em 14,1%, acima do mínimo de 11% fixado pelo Banco Central.

O total de recursos de terceiros administrados pelo Banco Safra alcançou R$ 67,4 bilhões no ano passado, um crescimento de 20,8% em relação a 2009. Desse montante, R$ 39,2 bilhões estavam sob administração da Safra Asset Management, o que significou um aumento de 15% ante 2009. O banco não informa o padrão contábil adotado. /AGÊNCIA ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.