Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Lucro do Santander avança 14,3% no 1º trimestre e Brasil é destaque positivo

Banco teve lucro líquido de 1,87 bilhão de euros, no Brasil o resultado foi de 634 milhões de euros

O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2017 | 07h19

MADRID - O banco espanhol Santander divulgou nesta quarta-feira, 26, que teve lucro líquido de 1,87 bilhão de euros (US$ 2,05 bilhões) no primeiro trimestre do ano, 14,3% maior que o ganho de 1,63 bilhão de euros obtido em igual período de 2016. O resultado superou a expectativa de analistas, que previam lucro de 1,75 bilhão de euros no último trimestre.

A receita líquida de juros do Santander - que corresponde à diferença entre o que os bancos pagam aos clientes por depósitos e cobram por empréstimos - ficou em 8,4 bilhões de euros entre janeiro e março, ante 7,62 bilhões de euros no mesmo intervalo do ano passado. O número também veio acima da projeção do mercado, que era de 8,14 bilhões de euros.

As tarifas, por sua vez, somaram 2,84 bilhões de euros no último trimestre, acréscimo de 18,6% na comparação anual.

"Embora o ambiente continue sendo desafiador para o setor bancário, a perspectiva do Santander é positiva", comentou a presidente executiva do banco, Ana Botín, em comunicado. "As economias de todos os nossos mercados principais deverão crescer este ano."

Brasil. No Brasil, que responde por cerca de um quarto do resultado do Santander, o lucro líquido saltou para 634 milhões de euros no primeiro trimestre, de 359 milhões de euros um ano antes, graças ao aumento da receita com empréstimos e tarifas. Impostos e provisões para empréstimos inadimplentes, por outro lado, subiram na mesma comparação, quando calculados em euros.

Já no Reino Unido, onde o Santander gera em torno de um quinto de seu lucro, o ganho líquido do banco espanhol registrou queda anual de 8,2% no último trimestre, também no cálculo em euros. A esperada saída do Reino Unido da União Europeia (o chamado "Brexit") tem pressionado a libra esterlina em relação ao euro.

Na Espanha, as operações do Santander tiveram expansão anual de 17,9% no lucro do primeiro trimestre. /DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.