Lucro do Santander no Brasil cresce 31,4% e soma R$ 1,9 bi no 3º tri

Crescimento do crédito e inadimplência em baixa contribuíram para resultado 

Altamiro Silva Júnior, da Agência Estado,

28 de outubro de 2010 | 08h24

O Banco Santander anunciou esta manhã lucro líquido de R$ 1,934 bilhões no terceiro trimestre no padrão contábil internacional IFRS. O resultado representa expansão de 31,4% ante igual trimestre de 2009. O aumento foi puxado pela aceleração do crescimento do crédito aliado a um cenário de inadimplência em baixa. Somente no crédito pessoal, a expansão foi de 21% em 12 meses.

Nos primeiros nove meses do ano, o resultado do banco espanhol foi de R$ 5,464 bilhões, expansão de 39,5% ante igual período de 2009.

A carteira de crédito total fechou setembro em R$ 159 bilhões, com expansão de 16,8% ante junho e de 5,5% na comparação com setembro de 2009. Além do crédito pessoal, outros destaques foram o financiamento imobiliário, com alta de 22,6%, e os cartões de crédito, com aumento de 26%, em relação ao terceiro trimestre de 2009. Na comparação com o período anterior, os destaques também foram o crédito pessoal e o habitacional, com expansão de 9% cada um.

Os ativos consolidados totais do banco espanhol no Brasil subiram 11% e encerram setembro em R$ 373,4 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
santanderbrasillucrotrimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.