Lucro do Santander no Brasil cresce 9,4% no 2º trimestre, para R$ 1,7 bilhão

Resultado do primeiro semestre deste ano foi de R$ 3,5 bilhões, 44% superior ao do mesmo período de 2009

Luana Pavani, da Agência Estado,

29 de julho de 2010 | 08h58

O Banco Santander apresentou lucro líquido no segundo trimestre de 2010, seguindo o padrão internacional IFRS, de R$ 1,766 bilhão, 9,4% maior que o registrado no segundo trimestre de 2009, de R$ 1,613 bilhão. Também no padrão IFRS, o resultado do primeiro semestre deste ano foi de R$ 3,529 bilhões, 44% maior que os R$ 2,445 bilhões do primeiro semestre de 2009, incluindo participações minoritárias.

Já no padrão brasileiro BRGaap, o lucro líquido consolidado no primeiro semestre de 2010 foi de R$ 2,016 bilhões, incluindo despesas com amortização de ágio, ante R$ 1,006 bilhão no mesmo período do ano passado.

No mesmo padrão contábil, os ativos totais do banco encerraram junho em R$ 374,815 bilhões, 15,7% superior na comparação com junho de 2009. A carteira total de crédito do banco fechou junho em R$ 150,837 bilhões, um crescimento de 9,9% sobre os R$ 137,268 bilhões de junho de 2009.

O patrimônio líquido ficou em R$ R$ 65,325 bilhões em junho de 2010, 32% de avanço sobre os R$ 49,382 bilhões anotados no mesmo mês do ano passado.

 
Tudo o que sabemos sobre:
Santanderlucrobancobalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.