bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Lucro do Santander sobe 9,4% no ano; dívidas ruins crescem

Lucro líquido de 8,876 bilhões de euros inclui compensações de perdas com fraude de Bernard Madoff

Reuters,

05 de fevereiro de 2009 | 09h02

O Santander, maior banco da Espanha, anunciou nesta quinta-feira, 5, um aumento de 9,4% no lucro líquido de 2008, para 8,876 bilhões de euros. O resultado inclui despesa de 500 milhões de euros relacionados à compensações a clientes que perderam dinheiro com o caso de fraude Bernard Madoff.  Veja também:Justiça dos EUA recupera quase US$ 1 bilhão de MadoffEntenda o esquema de pirâmide financeira realizado por MadoffDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise Na América Latina, o Santander registrou crescimento de 18% no lucro líquido, para 4,3 bilhões de euros, resultado que incluiu a consolidação do Real no Brasil, que o Santander comprou do ABN Amro. Na divisão europeia continental do Santander, o lucro líquido subiu 11%, para 4,9 bilhões de euros no período.  Como resultado da deterioração da qualidade de crédito durante a crise econômica global, o Santander informou que a provisão para perdas com empréstimos disparou 60%, para 12,863 bilhões de euros. Os lucros também foram minados por contínuos esforços de controle de custos operacionais, que cresceram 1,8%.  O Santander informou que o lucro operacional subiu 19,5% para 17,729 bilhões de euros, em comparação com previsão média obtida com analistas pesquisados pela Reuters de 18,8%, graças a um forte desempenho nas operações de banco de varejo.  Os empréstimos de difícil recuperação como um porcentual dos empréstimos totais subiram para 2,04% no final de dezembro ante 1,63% no final de setembro. O volume total de empréstimos cresceu 10% em 2008, enquanto os depósitos subiram 14%.  "Houve uma acentuada queda no lucro com trading. Isso é negativo e de algum modo inesperado, porque seria de se esperar algum ganho com câmbio, mas o quarto trimestre foi ruim para todo mundo", disse Alberto Cordara, analista do Royal Bank of Scotland em Londres.  O banco também informou que pagará um total de dividendos relacionados aos resultados de 2008 de 0,651 euro, o mesmo que em 2007, o que representa um pagamento de 54,3% do lucro de 2008. Brasil No Brasil, as operações do banco espanhol registraram lucro líquido de 1,105 bilhão de euros em todo o ano de 2008. Em valores atuais, essa quantia representa cerca de R$ 3,28 bilhões. O resultado representa um aumento de 22% em comparação com o lucro líquido de 905 milhões de euros obtido no País em 2007.  (com Marcílio Souza, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraBancosSantander

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.