Lucro do Unibanco cresce 1,8% até setembro

O Unibanco obteve lucro líquido de R$ 744 milhões nos nove primeiros meses do ano, com aumento de 1,8% frente a igual período de 2001. As receitas de intermediação financeira cresceram 41,5% no intervalo, para R$ 12,319 bilhões, e o resultado bruto da intermediação fechou em R$ 2,984 bilhões, volume 1,2% menor frente aos nove primeiros meses do ano passado. O montante de provisão para perdas com créditos aumentou 50,4%, totalizando R$ 1,747 bilhão. A instituição registrou R$ 2,123 bilhões como "outras despesas operacionais", com alta de 5,2%. O ganho operacional recuou 14%, para R$ 861 milhões. O lucro por lote de mil ações foi de R$ 5,37 em nove meses de 2002. Em 30 de setembro passado, o patrimônio líquido do banco era de R$ 6,2 bilhões e o valor patrimonial por lote de mil ações estava em R$ 44,77.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.