Lucro do Unibanco cresce 27,5% no 1º tri, para R$ 741 mi

Banco encerrou março com ativos totais de R$ 156,211 bilhões, uma evolução de 35,6% em 12 meses

CESAR BIANCONI, Agencia Estado

08 de maio de 2008 | 07h56

O Unibanco teve lucro líquido de R$ 741 milhões no primeiro trimestre de 2008, alta de 27,5% sobre o lucro de R$ 581 milhões no mesmo intervalo do ano passado. Esses números não contabilizam itens extraordinários. O retorno anualizado sobre patrimônio líquido médio, importante indicador da rentabilidade de um banco, foi de 27% no primeiro trimestre de 2008, ante 25,1% um ano antes. O banco encerrou março com ativos totais de R$ 156,211 bilhões, uma evolução de 35,6% em 12 meses. Veja também:  Lucro do Itaú no 1º trimestre avança 7,5%, para R$2,04 bi Lucro do Bradesco atinge R$ 2,1 bi e é o maior entre privados A carteira de crédito do Unibanco totalizava R$ 66,153 bilhões ao final de março, um crescimento de 40,7% na comparação com o mesmo mês de 2007. Os segmentos que mais cresceram foram os de financiamento de veículos, cartões de crédito, consignado e as operações destinadas a micro, pequenas e médias empresas. A carteira de crédito do varejo apresentou crescimento de 49%, para R$ 40,711 bilhões. O maior crescimento foi registrado no financiamento de veículos (R$ 9,749 bilhões), que evoluiu 94,6% no período. A carteira própria de crédito consignado (R$ 4,879 bilhões) avançou 42,8% e a de empresas de menor porte (R$ 9,729 bilhões), 49,6%. A carteira de cartão de crédito registrou aumento de 39,2%, chegando a R$ 6,887 bilhões no final de março. Já a carteira do Atacado evoluiu 29,3% nos últimos 12 meses, chegando a R$ 25,442 bilhões. Segundo o Unibanco, esse crescimento é fruto da maior demanda de empresas por recursos do mercado doméstico, principalmente devido à menor liquidez no mercado internacional. Apesar do crescimento da carteira de crédito, o índice de inadimplência apresentou uma redução. Ele passou de 5,1% no primeiro trimestre de 2007 para 3,6% no primeiro trimestre deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Unibanco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.