Lucro do Unibanco cresce 29,69% no primeiro trimestre

O lucro líquido do Unibanco cresceu 29,69% no primeiro trimestre, tomando como base o mesmo período do ano passado. Em reais, a alta, divulgado nesta quinta-feira, chega a R$ 520,445 milhões. O ganho por ação foi de 0,37206. O retorno sobre o patrimônio líquido médio ficou em 24,0%, acima dos 21% dos três primeiros meses do ano passado.A receita da intermediação financeira (receita obtida em operações de crédito, arrendamento mercantil, títulos, etc) alcançou R$ 4,458 bilhões, o que significa expansão de 22,64%. As despesas da intermediação somaram R$ 2,658 bilhões, com alta de 25,14%, e o resultado bruto da intermediação atingiu R$ 1,799 bilhão, subindo 19,11% em relação ao primeiro trimestre de 2005.Prestação de serviçosAs receitas de prestação de serviços avançaram 12,70% de janeiro a março, para R$ 863,306 milhões. As despesas com provisão para perdas de crédito totalizaram R$ 642,445 milhões, 107,23% acima das registradas em igual intervalo do ano passado.O banco obteve lucro operacional (resultado das atividades principais ou acessórias que constituam objeto da pessoa jurídica) de R$ 834,529 milhões no primeiro trimestre, com crescimento de 17,33%. No final de março, o patrimônio líquido da instituição estava em R$ 9,503 bilhões, o que significa expansão de 13,63% em relação ao apresentado no mesmo mês de 2005. Os dados são consolidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.