Daniel Teixeira/ Estadão
Daniel Teixeira/ Estadão

Lucro líquido da Braskem tem alta de 266% no 1º tri de 2016 e soma R$ 747 milhões

Valor, no entanto, veio 30,9% abaixo do que analistas esperavam; em relatório, empresa apontou que maior volume de vendas e bom desempenho em operações nos EUA e na Europa impulsionaram resultado

Karin Sato e Luana Pavani, O Estado de S. Paulo

05 de maio de 2016 | 10h23

SÃO PAULO - O lucro líquido da Braskem no primeiro trimestre deste ano atingiu R$ 747 milhões, com avanço de 266% na comparação com igual período do ano passado. A receita líquida teve um aumento de 19%, para R$ 12,172 bilhões, na mesma comparação.

O valor, no entanto, veio 30,9% abaixo da expectativa de analistas. Na média, eles esperavam que o lucro atingisse R$ 1,082 bilhão no período, conforme as projeções de três casas (BTG Pactual, Itaú BBA e Brasil Plural) consultadas pelo Broadcast, serviço da Agência Estado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 3,056 bilhões, o que representa uma expansão de 106% na mesma base comparativa. Já o Ebitda ajustado somou R$ 3,058 bilhões, com aumento também de 106%. A margem Ebitda ajustado cresceu para 25,1%, de 14,6% no 1º trimestre de 2015.

Os principais fatores que impulsionaram o Ebitda, segundo o relatório da administração, foram o maior volume total de vendas; melhores spreads de petroquímicos básicos e de PP (polipropileno) nos Estados Unidos e Europa; o maior volume de exportações de resinas; o contínuo bom desempenho das operações dos EUA e Europa; e a depreciação média do real de 37% entre os períodos. Em dólares, o Ebitda foi de US$ 780 milhões, 54% superior ao mesmo período do ano anterior.

Além do Ebtida, a receita líquida também veio em linha com a expectativa do mercado, que era de R$ 12,772 bilhões. A receita líquida da Braskem no exterior (ex-revenda de nafta e condensado e incluindo exportações) representou 44% do consolidado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.