Lucro líquido da Ericsson cai 2% no primeiro semestre

O lucro líquido da Ericsson caiu 2% no primeiro semestre do ano, para 10,3 bilhões de coroas suecas (1,115 bilhão de euros). Segundo informou nesta sexta-feira a companhia sueca, redução idêntica foi sentida no segundo trimestre, fazendo com que o montante fosse para 5,700 bilhões de coroas (617 milhões de euros).O resultado operacional do semestre se manteve inalterável com relação ao mesmo período de 2005 em 14,900 bilhões de coroas (1,613 bilhão de euros), enquanto o faturamento cresceu 19%, para 83,300 bilhões de coroas (9,019 bilhões de euros). As vendas na segunda metade do ano aumentaram dos 38,400 bilhões de coroas (4,158 bilhões de euros) para 44,200 bilhões (4,786 bilhões de euros) - ou 15%.A Ericsson teve um lucro por ação de 0,36 coroa (0,03 euro), frente ao lucro de 0,37 coroa (0,04 euro) do segundo trimestre de 2005.O presidente do consórcio, Carl-Henric Svanberg, mostrou-se "satisfeito" com os resultados e ressaltou que a Ericsson tem uma cota de 30% do mercado mundial. Svanberg manteve as previsões de que os balanços dos dois últimos trimestres de 2006 serão melhores que os do ano anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.