Lucro líquido da Fiat sobe 13% no 1º trimestre

Montadora registra lucro de US$ 635,5 milhões, puxado pelo aumento de vendas em todos os segmentos

Angelo Ikeda, da Agência Estado,

24 de abril de 2008 | 11h26

A Fiat, maior grupo industrial da Itália, obteve lucro líquido de 405 milhões de euros (US$ 635,5 milhões) no primeiro trimestre, 13% acima dos 358 milhões de euros (US$ 561,74 milhões) verificados nos três primeiros meses de 2007. O faturamento subiu 10%, para 15,03 bilhões de euros (US$ 23,58 bilhões). O resultado foi puxado pelo aumento nas vendas de carros (com destaque para o Brasil), caminhões e maquinário agrícola e de construção. O grupo também manteve sua previsão de lucro e vendas para 2008. O resultado ficou acima da projeção de analistas, que esperavam lucro de 400 milhões de euros (US$ 627,6 milhões), e confirma que a empresa concluiu seu plano de recuperação liderado pelo executivo-chefe, Sergio Marchionne. A Fiat espera que o faturamento do grupo em 2008 fique bem acima dos 60 bilhões de euros (US$ 94 bilhões), e manteve a previsão de lucro líquido na faixa entre 2,4 e 2,6 bilhões de euros (US$ 3,76 e US$ 4,08 bilhões). As vendas da divisão automotiva cresceram 8,4% no trimestre, para 6,83 bilhões de euros (US$ 10,7 bilhões). A Fiat não divulga seu lucro líquido no segmento de automóveis. O ótimo desempenho no exterior, com destaque para vendas recorde no Brasil, mais do que compensou o declínio no mercado doméstico.

Tudo o que sabemos sobre:
FiatLucro de Empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.