Lucro líquido da Nokia sobe 43% no segundo trimestre

A Nokia, líder mundial de telefonia celular, aumentou seu lucro líquido no segundo trimestre do ano em 43%, tomando como base o mesmo período de 2005. Segundo informou a empresa nesta quinta-feira, a alta resultou no acúmulo de 1,14 bilhão de euros. As vendas chegaram a 9,81 bilhões de euros, o que representa alta de 22%. O lucro por ação cresceu 56% e chega a 0,28 euro por título. Os resultados ficaram dentro das previsões dos analistas, e com isso as ações da companhia tiveram poucas variações na Bolsa de Helsinque, uma hora após a divulgação dos números.A companhia finlandesa aumentou também seu lucro operacional, que passou de 1,004 bilhão de euros para 1,502 bilhão, um crescimento de 50%.O gigante finlandês aumentou sua cota de mercado mundial em um ponto percentual comparado ao segundo trimestre de 2005, para 34%, mas caiu também um ponto em relação ao primeiro trimestre de 2006, segundo suas próprias estimativas.Telefones celularesAs vendas de telefones celulares no mundo todo no segundo trimestre cresceram 26%, para 230 milhões de unidades, dos quais 78,4 milhões foram fabricados pela Nokia, o que representa mais 29%.Ásia-Pacífico e China, com altas de 79% e 58%, foram os mercados nos quais as vendas da Nokia mais subiram, enquanto na América Latina ficaram estáveis e na América do Norte caíram 13%. O preço médio por unidade caiu de 103 euros para 102 euros.Para o terceiro trimestre, a Nokia prevê que o mercado mundial de telefones celulares terá crescimento inferior ao do segundo, e que a cota de mercado da empresa finlandesa continuará.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.