Lucro trimestral da Cargill sobe 68%

A Cargill [CARG.UL], uma das maioresempresas privadas do mundo, divulgou na terça-feira um aumentode 68 por cento no lucro trimestral, ancorado nos bonsresultados dos setores de processamento de grãos efertilizantes e na venda de operações desativadas. O lucro líquido da companhia atingiu 1,05 bilhão de dólaresno seu quarto trimestre, encerrado em 31 de maio, ante 628milhões um ano atrás. Excluindo os 310 milhões de dólares obtidos com a venda deoperações desativadas, os ganhos da companhia cresceram 18 porcento, para 744 milhões de toneladas, liderados pelos segmentosde originação e processamento e pela operação industrial. Os ganhos dos serviços agrícolas, sistemas e ingredientesalimentícios e gerenciamento de riscos e finanças foram menoresdo que os resultados no mesmo período do ano anterior. Os setores agrícolas passaram por um período volátil emescala mundial. Os preços de grãos e oleaginosas atingiram níveis semprecedentes em decorrência da demanda por biocombustíveis ealimentos nos mercados emergentes, especialmente na Ásia.Apesar disso, os preços caíram recentementem, pressionados peloretrocesso no mercado de petróleo e por conta do tempofavorável às safras no Meio-Oeste dos EUA. A Cargill, que opera em 67 países, é um dos principaisexportadores de grãos e carne dos EUA, atua no mercado deetanol e de energia e é sócia majoritária da Mosaic Co, grandeprodutora de fertilizantes. A companhia norte-americana também é a principal acionistada Black River Asset Management, família de fundos de hedge, econtrola a empresa de investimentos CarVal Investors. (Por Lisa Shumaker)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.